Estudos de Caso

img

A indústria extrativa tem contribuído para o desenvolvimento humano, econômico, social em muitos lugares ao longo do ultimo século. Os recursos financeiros advindos dos recursos naturais têm financiado obras de infraestrutura, investimentos em indústrias e investimentos em serviços básicos.     A extração de recurso pode ser positiva, quando o meio ambiente é protegido, quando os direitos humanos das comunidades (locais e indígenas) são respeitados e protegidos e quando os recursos são usados para investir no desenvolvimento humano.
Enquanto muitos países tem encontrado formas de gerenciar e diversificar suas economias, outros países ricos em recursos tem encontrado muitos desafios em gerenciar esses recursos. Algumas evidências recentes mostram que a riqueza advinda de recursos pode caminhar lado a lado com o crescimento insustentável e instabilidade macroeconômica; altas taxas de desemprego, pobreza e desigualdade; degradação ambiental; conflitos por recursos; o enriquecimento de algumas empresas multinacionais, que, com a anuência do governo local, não investem no País onde é feita a exploração; impactos negativos para saúde, juntamente com um impacto devastador sobre os modos de vida individual e coletivo do local. A chamada “maldição dos recursos” captura os efeitos negativos de uma economia dependente dos recursos naturais.

Entretanto, evidências globais mostram que alguns Países colheram frutos positivos da exploração de recursos: 1) desenvolvimento da capacidade de formular e implementar leis, políticas e instituições que governam operações extrativas; 2) garantia da participação de comunidades locais e indígenas (com grande participação de mulheres) na tomada de decisões e manejo de operações das indústrias extrativas; 3) estabelecimento de sistemas para a gestão prudente e transparente das receitas obtidas a partir de taxas de licenciamento, impostos e royalties; e 4) reforço das capacidade de investir esses recursos em diversificação econômica, desenvolvimento social e sustentabilidade levando ao crescimento inclusivo e sustentável.

À medida que mais países começam a extrair petróleo, gás e minerais há uma necessidade imediata de olhar mais de perto como a “maldição dos recursos” pode ser evitada e como o setor da extração pode ser uma força para o desenvolvimento sustentável. É fundamental aprender lições dos países bem-sucedidos e garantir que o setor extrativo contribua positivamente para a agenda de desenvolvimento futuro.

 


Anglo-American-Case-Study---Agenda-Pública-(NNP)_FinalFortalecimento Institucional e Iniciativa de Participação Social 

A falta de capacidade municipal nas comunidades em que atuamos pode ter um efeito negativo sobre os residentes e um impacto negativo sobre as aoperações da Anglo American. A nossa abordagem busca parceria para capacitação no Brasil e tem como objetivo oferecer uma solução eficaz e sustentável a este desafio. “O nosso objetivo é permitir que os municípios possam fornecer serviços básicos como água e eletricidade de forma eficaz, em vez de nos beneficiar com o fornecimento dos serviços básicos”, diz Jon Samuel, Grupo Chefe do Governo e dos Assuntos Sociais. Leia Mais


Iniciativa Fornecedores Locais Anglo-American-Case-Study---PROMOVA-(IOB)_Final

O Programa de desenvolvimento de fornecedores locais foca em dar suporte a Unidade de negócios de minério de ferro na Anglo America, em seus desafios de crescimento, através de compras locais nas áreas em que atuamos de maneira sustentável e responsável.  Leia Mais


Anglo-American-Case-Study---TechnoServe-(NNP)_FinalPrograma Avançar:  promovendo o desenvolvimento empresarial e o envolvimento da comunidade proporcionando o desenvolvimento de fornecedores locais.

Os Municípios de Catalão e Ouvidor, no Estado de Goiás, veem a Anglo American como um parceiro positivo para o desenvolvimento local, e continuam com expectativas de que as operações de Fosfato e Nióbio da Anglo American vão continuar a dar suporte ao desenvolvimento local nas comunidades. O Programa Avançar constrói uma relação de confiança para transferir habilidades e capacidades de longo prazo para empresas locais e jovens adultos, criando um impacto mensurável e auto-suficiente. Leia Mais